Connect with us
               

Manaus, AM,

POLICIAL

Homem que se passava por mulher no Instagram estupra mais de 10

Publicado

em

Um golpe cometido por um homem de 28 anos que se passava por mulher no Instagram para estuprar e extorquir vítimas foi interrompido pela Polícia Civil nessa quarta-feira (24). Os investigadores já identificaram mais de 10 vítimas do criminoso, que agia em Belo Horizonte e Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Os policiais, no entanto, calculam que o número de pessoas prejudicadas pelo autor seja superior a 100.

Natural do Pará, o homem vivia na capital mineira, trabalhava como motorista de aplicativo e criava perfis falsos na rede sociais, geralmente se passando por “Fernanda Mendes”, nome fictício inventado por ele. Com o passar do tempo, ele até trocava de perfil, mas continuava com nomes semelhantes e fotos de “mulheres jovens e bonitas”. Essas pessoas que ilustravam as contas falsas existem, o que também preocupa as autoridades.

Os crimes do rapaz foram interrompidos após ser flagrado pelos investigadores cometendo um desses crimes na última terça-feira (23), no bairro Caiçara, região Noroeste da capital mineira.

Como era o golpe

“Ele chamava o homem [a vítima] por mensagem direta, depois passava para o WhatsApp e começava com as trocas de mensagens mais quentes, culminando com fotografias e vídeos sexuais. O terceiro momento é o encontro”, explicou o delegado Wagner Sales, chefe do 1º Departamento de Polícia Civil em Belo Horizonte, em entrevista coletiva realizada hoje.

Créditos: BHAZ

Mais Lidas