Connect with us
               

Manaus, AM,

AMAZONAS

No AM, turistas podem registrar Boletim de Ocorrência on-line em até 109 idiomas

Publicado

em

Neste dia 21 de abril, quando é celebrado o Dia do Policial Civil e Militar, a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) ressalta a importância desses profissionais para o atendimento ao turista no estado. A Delegacia Especializada em Crimes contra o Turista e a Polícia Turística do Amazonas (Politur) atuam em parceria diretamente com os turistas nacionais e internacionais. No Amazonas, os visitantes podem realizar o Boletim de Ocorrência on-line em até 109 idiomas, há três anos.

O atendimento desses policiais é reforçado no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na região do Teatro Amazonas e no entorno do Largo de São Sebastião, no Centro da cidade. O policiamento, por meio da Politur, também é intensificado na Região Metropolitana de Manaus com o apoio de viaturas que dão suporte no atendimento exclusivo aos turistas.

O presidente da Amazonastur, Sérgio Litaiff Filho, ressalta a importância da ação integrada entre as duas instituições para o desenvolvimento do trabalho estratégico de atendimento ao turista, além de garantir a segurança para as pessoas que necessitam do apoio das duas instituições.

“O trabalho de atendimento ao turista desenvolvido pelo Governo do Amazonas é pensado de forma estratégica e integrada. As ações da Amazonastur seguem um planejamento e execução para que o turista tenha a melhor experiência no nosso estado. O apoio dos órgãos de segurança pública é fundamental para um turismo seguro e de credibilidade”, disse o presidente da Amazonastur.

A Politur, que atua há 10 anos nesse tipo de atendimento, possui servidores bilíngues para atender ocorrências e orientar os visitantes da cidade. A companhia desenvolve um trabalho preventivo e ostensivo nos locais de maior concentração de turistas nacionais e estrangeiros, além de realizar auxílio com orientações de como proceder na cidade para ter um turismo seguro e sem transtornos.

“Atualmente nós contamos com policiais bilíngues e poliglotas. Hoje nós temos uma grande diversidade de línguas. Policiais que falam francês, inglês, espanhol, que falam, inclusive, japonês. Estamos preparados para trabalhar na área turística e dar o devido auxílio para que o turismo seja feito da melhor forma possível”, disse o capitão da Politur, Jorge Barreto.

Os turistas podem solicitar apoio da Politur 24 horas por dia pelos telefones: (92) 998842-1769, 98842-1741 e também pelo 190, no qual o serviço emergencial é direcionado pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Registro de ocorrências – A Delegacia Especializada em Crimes contra o Turista (DECCT) atua na ocorrência e investigações de crimes contra turistas. Além de registrar ocorrências na sede da Especializada, situada no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, o turista também pode fazer o Boletim de Ocorrência (BO) em qualquer DIP ou on-line, por meio da Delegacia Interativa (https://www.delegaciainterativa.am.gov.br). O BO on-line pode ser registrado em até 109 línguas e, na sede física da Especializada, o atendimento ocorre em até três idiomas.

O delegado titular da DECCT, Caio Nunes, destacou que o trabalho desenvolvido pela Polícia Civil ocorre em parceria com a Polícia Federal e órgãos ambientais, tendo em vista que o turismo amazonense possui uma vertente ambiental. Ele reforça ainda sobre a importância de se utilizar serviços de estabelecimentos registrados no Cadastur do Ministério do Turismo, o que garante um turismo legalizado e seguro ao turista.

“Quando o agente de turismo é ilegal, o transporte costuma ser irregular, normalmente esse local que está recebendo essas pessoas, além dos animais, às vezes vai oferecer algum outro tipo de serviço do gênero de exploração sexual. Há sempre mais de um crime coligado nessas situações. Por isso é fundamental estarmos integrados (instituições de fiscalização) sempre”, destacou o delegado.

Mais Lidas