Brasil – O sertanejo Ralf subiu ao palco pela primeira vez após a morte de seu irmão Chrystian, com quem formava uma dupla. O cantor faleceu na última quarta-feira, 19 de junho, aos 67 anos, após ser internado no Hospital Samaritano, em São Paulo.

O show aconteceu na sexta-feira, 21 de junho, no espaço JBJ Ranch, em Nazário, Goiás. Durante a apresentação, uma foto de Chrystian foi exibida no telão com a mensagem: “Pra sempre em nossos corações”.

Bruno Mantovani, amigo próximo de Ralf, esteve na apresentação e elogiou a postura do cantor, que apesar do luto, manteve seus compromissos profissionais. “Simplesmente o mais profissional e comprometido que existe. Esse é outro patamar quando o assunto é profissionalismo e levar a arte a sério. Parabéns, meu amigo”, escreveu Mantovani em suas redes sociais.

Em entrevista, Ralf revelou que não falava com o irmão há quatro anos. “É muito triste, é inexplicável. A gente fica muito sentido”, desabafou. Ele revelou que devido aos compromissos profissionais separados, os dois não se encontravam há quatro anos. “Fazia quatro anos, porque não coincidia. Eu fazendo show em um lugar e ele em outro. Mas é meu irmão, isso é muito importante”, disse.

Ralf diz que não via irmão, Chrystian, há 4 anos por agenda: “Não coincidia”.

Fonte: Jetss

Artigo anteriorFestival de Parintins 2024: Galpões dos bois-bumbás impulsionam geração de emprego e renda na ilha
Próximo artigoMega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 93 milhões