Connect with us
               

Manaus, AM,

POLÍCIA

Youtuber é preso depois de gravar assalto fake e mobilizar helicóptero e viaturas da PM

Publicado

em

BRASIL – Um youtuber de 28 anos foi preso, nesta quarta-feira (18), na cidade de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, depois de realizar em uma via pública a gravação de uma simulação de assalto – o que provocou desespero de moradores e mobilizou viaturas e helicóptero da Polícia Militar (PM).

A PM não identificou o nome e o canal do youtuber.

De acordo com as autoridades, policiais receberam um chamado via 190 para o bairro Nova Esperança, em Balneário, e as informações davam conta de que estaria acontecendo um roubo próximo a um clube de tiro, com homens portando armas do tipo fuzil. Os supostos assaltantes teriam fugido em uma caminhonete Ranger.

A denúncia mobilizou todas as viaturas e motocicletas policial do 12º Batalhão da Polícia Militar de Balneário, além de um helicóptero Águia.

Na urgência do deslocamento até o local do suposto assalto, policiais cruzaram sinais vermelho, trafegaram pela contra mão e ultrapassaram o limite de velocidade.

A PM ainda informou que outras ocorrências policiais denunciadas ficaram na fila de espera, já que todos policiais militares disponíveis tinham sido mobilizados para o caso em Nova Esperança “pela gravidade do fato”.

Os moradores da região relataram à polícia a rota de fuga do veículo suspeito.

“Depois de pelo menos 30 minutos de intensas buscas pelas equipes, com sobrevoo da aeronave águia 07 pela região e também mobilização das equipes policiais de Itapema e Itajaí, que passaram a realizar barreiras na BR 101, para evitar possível fuga, foi possível encontrar a referida caminhonete estacionada em uma residência”, relatou a Polícia Militar, em nota.

Os policiais cercaram a casa e abordaram o morador. O homem, não identificado, alegou que é youtuber e estava “apenas gravando um vídeo em via pública, de simulação de um assalto, para seu canal de YouTube, e que as armas usadas seriam do tipo airsoft”.

“Disse ainda que não deu conhecimento e não possui qualquer autorização dos órgãos públicos competentes para gravar tais cenas em via pública”, acrescentou a PM.

Os moradores locais denunciaram à polícia que o youtuber teria apontado uma arma e mandado todos irem embora, com voz e gestos. As pessoas que estavam na via correram até uma fábrica próxima e pediram para o funcionário do local ligar para a polícia.

O youtuber foi preso em flagrante pelo artigo 265 do Código Penal, por atentar contra o funcionamento do serviço policial, além dos crimes de ameaça e a contravenção penal de perturbação do trabalho ou sossego alheios. As penas podem chegar a 5 anos de prisão.

As armas de airsoft e outros itens utilizados na gravação do vídeo foram apreendidos. Nas câmeras, foram encontradas cenas das gravações feitas em simulação de assalto.

Assista:

Mais Lidas