Connect with us
               

Manaus, AM,

Esporte

Anvisa paralisa Brasil x Argentina após presença ilegal de argentinos no país

Publicado

em

Brasil – Neste domingo (5), a partida entre Brasil e Argentina foi interrompida após representantes da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) terem ingressado no campo do jogo para tomar as medidas cabíveis contra quatro jogadores argentinos que burlaram as regras sanitárias brasileiras para ingressar no país e disputar o jogo das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Quatro atletas que jogam no Reino Unido mentiram às autoridades brasileiras ao entrar no Brasil para jogar o clássico. O goleiro Emiliano Martínez, o atacante Buendía, o zagueiro Cristian Romero e o meio-campista Lo Celso, jogadores do Tottenham e do Aston Villa, da Inglaterra, tiveram ordem de deportação da Anvisa, autoridade sanitária brasileira, por terem dado informações falsas na chegada ao país. Eles disseram que não teriam estado no Reino Unido nos últimos 14 dias, o que não é verdade.

Portaria Interministerial do governo brasileiro proíbe a entrada de viajantes vindo do Reino Unido por causa da pandemia de covid-19.

Antes da partida, a Anvisa determinou à Polícia Federal que atuasse na deportação dos quatro jogadores da Argentina. Mas os atletas descumpriram a determinação de permanecer no hotel em isolamento e se deslocaram para a Arena Corinthians, palco do jogo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

“Não tenho conhecimento da lei desportiva (sobre a possibilidade da partida continuar). Não posso opinar sobre isso. O que sei, do aspecto sanitário, é que os quatro jogadores serão deportados e multados, com uma sequência significativa de descumprimentos sanitários. Esses quatro estão descumprindo o regramento sanitário brasileiro. Precisamos fazer com que ele seja respeitado”, afirmou o presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres.

Mais Lidas