Connect with us
               

Manaus, AM,

POLICIAL

Líder da FDN João Branco é condenado a 30 anos de prisão pela morte de delegado

Publicado

em

O narcotraficante João Pinto Carioca, o ‘João Branco’ líder da facção criminosa Família do Norte (FDN), foi condenado a 30 anos e 2 meses de prisão, em regime fechado, pelo assassinato do delegado da Polícia Civil, Oscar Cardoso, ocorrido em 2014.

A sentença foi proferida na madrugada de sábado, 14, por volta de 1h. O julgamento teve início na sexta-feira, 13/04, onde quatro acusados envolvidos na morte foram julgados. 

Também foram condenados Marcos Roberto Miranda da Silva, o ‘Marcos Pará’ a 25 anos e 11 meses de detenção; Diego Bruno de Souza Moldes, que levou 25 anos e 11 meses; e Messias Maia Sodré, condenado a 21 anos e 4 meses. 

A defesa dos réus alegou que vai recorrer da decisão.

Fonte: Portal do Marcos Santos. 

Publicidade

Mais Lidas